sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Ódio

Eu tenho raiva sim, eu guardo rancor, eu cultivo o ódio. Não sejamos hipócritas! Até quando? Não sei ... Há tanto o que odiar, a ela , as circunstâncias, os fatos, a mim. Sim, principalmente a mim por ter deixado tudo isso chegar onde chegou, essa mania insuportável de deixar tudo chegar ao seu limite.

Me odeio por não ter percebido, ou não ter querido perceber, me odeio por me deixar e me odeio por ainda odiar. Odeio mesmo, com todas as minhas forças.

Mas quando esse ódio passar... Eu não sei, o que eu vou fazer quando ele passar? De repente quando pensei nisso percebi que sem esse ódio, acho que me sinto vazia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário